DecoraçãoDecoração SustentávelSustentabilidade

Kitsch é tendência na decoração

Kitsch é uma estética ousada, aliada inesperada da sustentabilidade na decoração.

Kitsch está em alta: a informação vem do Pinterest Predicts, um relatório que antecipa as principais tendências que moldam o comportamento do consumidor.

À frente dessa revolução estética estão a geração X e os boomers.

Suas buscas por decorações no estilo kitsch estão em ascensão, especialmente quando o foco é voltado para cozinhas.

Kitsch - Fotos - Divulgação - Canva
Kitsch – Fotos – Divulgação – Canva

Então, prepare-se para a irreverência de Iris Apfel, as cores de Almodóvar e as flores de Frida – inspirações que prometem dominar suas redes sociais, interligando-se harmoniosamente na decoração, moda e arte.

Kitsch, palavra de origem alemã, traduz-se em extravagância, irreverência, ousadia, mas, acima de tudo, autenticidade. O conceito é um convite para explorar o extraordinário, abraçar a exuberância e desafiar convenções com atitude e originalidade. Apesar de alguns rotularem o estilo como brega, essa classificação é subjetiva e pouco relevante no universo kitsch.

Para integrar-se a esse universo, a receita é simples: busque tesouros em brechós, feiras de antiguidades e casas de família.

Descubra pinguins de geladeira, objetos em formatos inusitados de animais e frutas (com destaque para flamingos e abacaxis), peças em plástico, retratos antigos, anões de jardim, imagens de santos, anjos e tudo que evoca sentimentos de afeto, alegria e história.

Misture cores, estampas, texturas, padrões, materiais e estilos. Adicione afeto, e pronto, sua decoração nostálgica kitsch estará pronta para ser apreciada.

Explorando a sustentabilidade através do kitsch na decoração

A compra em brechós, por exemplo, é uma prática central de quem segue o estilo. A reutilização de móveis e objetos vintage não apenas confere autenticidade à decoração, mas também reduz o desperdício e minimiza o impacto ambiental associado à produção de novos itens.

Ao escolher peças pré-amadas, os entusiastas do kitsch estão promovendo uma mentalidade de reutilização, estendendo a vida útil dos objetos e evitando que acabem em aterros sanitários.

Além disso, a mistura de estilos e materiais característica do kitsch incentiva a inovação e a recriação. A transformação de itens antigos em novas formas de expressão decorativa não apenas adiciona personalidade ao ambiente, mas também impulsiona a criatividade sustentável.

Assim, a decoração transcende as fronteiras do gosto pessoal e se torna uma ferramenta poderosa para a preservação ambiental. Ao abraçar o kitsch, não apenas ousamos na estética, mas também fazemos uma declaração a favor de um estilo de vida mais consciente e ecologicamente responsável.

Afinal, na interseção entre a exuberância kitsch e a sustentabilidade, encontramos uma abordagem criativa para tornar nossos lares mais vibrantes e, ao mesmo tempo, mais gentis com o planeta.

Siga: @vilaamelie

Leia também: 9 dicas para tornar a decoração do lar sustentável

Mostrar mais

vilaamelie.com

Curadoria de Encantos: Decoração I Arquitetura I Sustentabilidade I Festas I Gastronomia I Destinos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo